Quarta-feira, 4 de Abril de 2012

Viagem para aproveitar as férias da Páscoa

Foi hoje, nesta quarta feira de sol antes do fim de semana de Páscoa, que realizei a minha "tradicional" viagem de férias nos eléctricos do Porto. Desta vez a escolhida foi a Linha 22 - Circular BatalhaCarmo. Cheguei à paragem 5 minutos antes do eléctrico chegar vindo do Carmo, tempo que aproveitei para ver as novas placas de paragem, já com o novo nome do serviço de eléctricos, o "Porto Tram City Tour", e para ver o novo tarifário praticado nos eléctricos da STCP.

Passados esses 5 minutos chega o eléctrico com a lotação de lugares sentados praticamente esgotada, um bom sinal tendo em conta que o bilhete mais barato é de 2,50 euros, e assim continuou, pois a maioria dos passageiros manteve-se comodamente sentada aguardando o regresso ao Carmo. A viagem começa ao longo da rua Augusto Rosa, até que chegamos à Praça da Batalha onde entram mais 2 passageiros do tempo em que o eléctrico ainda era rei e senhor dos transporte públicos na cidade. Chegados a Santa Catarina, o eléctrico fura por entre o habitual frenesim da principal artéria comercial da cidade. De seguida descemos a rua Passos Manuel em direcção a D.João I onde entram mais duas turistas sorridentes com os seus bilhetes na mão e um casal de portugueses também sorridentes (ainda desconheciam o preço do bilhete do eléctrico), que logo de seguida perderam o sorriso quando tiveram de desembolsar uma nota de cinco euros para poder andar no tradicional eléctrico. A viagem prossegui normalmente até que chegamos ao Carmo, aqui saiu a maior parte dos passageiros, mas foram rapidamente substituídos por outros tantos acabados de chegar do eléctrico 18 que parara na linha do lado. Atravessamos o jardim da Cordoaria, passamos a Torre dos Clérigos, Rua dos Clérigos e chegamos a Praça da Liberdade onde fomos presenteados com o prato do dia nesta linha, um carro parado em cima dos carris do eléctrico, o guarda-freio apitou e lá apareceu a pedir desculpa o "distraído" condutor. Subimos 31 de Janeiro e regressamos sem incidentes ao local de partida a paragem da Batalha ao lado da entrada para o Funicular dos Guindais.

E assim passei uma hora de um dia de férias pelo patrimonio da cidade do Porto. Se está de férias ou tem algum tempo livre siga o meu exemplo e explore a rede de eléctricos do Porto, para além desta há ainda mais duas linhas, a linha 18 Circular MassarelosCarmo e a linha  linha 1 que liga o Passeio Alegre ao Infante ao longo da marginal ribeirinha do Porto. Os preços variam e podem ser consultadosaqui. 

Pedro Gomes às 22:00
|